sábado, 17 de dezembro de 2011


Atividade 4_5 – Produzindo o relato multimídia do seu projeto pedagógico


Essa atividade, apesar de ser bem interessante e envolvente, nos deixou um pouco receosas tendo em vista o prazo de produção que estava coincidindo com o período das provas. No entanto, como era pra ser feita, lá fomos nós com milhares de ideias a serem realizadas. A priori, pensamos em um vídeo onde os alunos fariam um programa de TV para divulgar o livro de receitas produzido por nós na atividade da unidade anterior.
Pensamos em mudar e dar oportunidade para uma outra turma participar dessa aula (2º Ano B – Tarde). Porém essa, ao ser informada do projeto, não demonstrou nenhum interesse em participar, então migramos pra mesma turma dos outros projetos (2º ano A – Tarde). Assim, logo que lançamos a ideia da produção de um vídeo, eles começaram a expor várias opiniões, dentre elas uma reprodução do filme Titanic de uma maneira mais nordestina. No momento de decidirmos o que realmente iriamos fazer, pensamos nos dias que tínhamos para a produção, local para gravação e tempo para a organização, além das provas que os mesmos fariam no decorrer da semana e o feriado da padroeira da cidade. Destarte, decidimos fazer algo simples e que estive interligado ao projeto anterior, e nada mais foi do que a ideia inicial que tivemos antes de discutir com a turma: um programa de TV onde a intenção era a divulgação do livro “Sabores do nosso país” produzido pelos alunos, além de fazer alguma comida para representar uma das receitas do livro.
No momento em que iriamos começar a gravar tivemos alguns contratempos, que logo foram resolvidos, a saber: ausência de algumas coisas para compor o cenário, repasse das falas de cada um, bateria da câmera descarregando. No entanto quando iniciamos, embora os alunos estivessem ansiosos e ao mesmos tempo nervosos, conseguiram cada um cumprir a sua parte. Por conta da demora para organizar todo o cenário, e por gravar cena por cena (e regravar quando fosse necessário), com um tempo os alunos começaram a ficar inquietos e em algumas partes do vídeo podemos escutar algumas conversas que foram inevitáveis.
Contudo, embora alguns imprevistos tenham acontecido, não só nós professoras como os alunos se divertiram e interagiram com a produção, temos certeza que se tivéssemos mais tempo, teria saído algo mais organizado.
Vale ressaltar que contamos com a ajuda de uma estudante de Audiovisual, que nos auxiliou na gravação e organização dos vídeos, que foram editados por um aluno do terceiro ano.
Confiram como ficou:
CALDEIRÃO DO 2º A

 

Segue abaixo o plano da atividade 4_4, realizada pela Profª Michele e por mim para o Curso Ensinando e Aprendendo com as TICs.


Atividade 4_4 – Planejando a produção de um documento multimídia

Área de conhecimento a ser abordada (Parâmetros e Diretrizes Curriculares)
Temas Transversais
( ) Língua Portuguesa
( ) Educação Física
( ) Arte e Educação
( ) Língua Estrangeira
(x) História
( x) Geografia
( ) Filosofia
( ) Sociologia
( ) Matemática
( ) Física
( ) Química
( ) Biologia
( ) Orientação Sexual
( ) Meio Ambiente
( ) Saúde
( ) Educação
( ) Pluralidade Cultural
( ) Ética
( ) Trabalho
( ) Informática
Escreva o título do vídeo
Caldeirão do 2ºA.
Apresente a ideia ou objetivo principal
O objetivo principal é apresentar no programa o trabalho sobre a culinária do nosso país realizado pela turma do 2ºA – Tarde.
Liste e descreva os personagens
Apresentador
Cozinheira
Entrevistado
Convidados especiais
Assistente
Mascote
Identifique os cenários
Auditório
Cozinha

Liste títulos das cenas (Capítulos)
Cena 01
Abertura.
Cena 02
Apresentação das atrações do dia.
Cena 03
Chamada dos convidados especiais.
Cena 04
Entrevista.
Cena 05
Momento culinária.
Descreva as cenas
Cena 01
A abertura do programa começa com uma mensagem de reflexão.
Cena 02
O apresentador irá dizer passo a passo do que acontecerá ao decorrer do programa.
Cena 03
Chama os convidados especiais para participar do programa.
Cena 04
O apresentador chama a entrevistada do dia onde a mesma irá apresentar o livro de receitas “Sabores do nosso país” produzido pela turma do 2ºA – Tarde.
Cena 05
Momento em que é convidado um cozinheiro para fazer uma das comidas que está presente no livro.
Indique o clímax (Ponto Alto)
Momento onde a comida está pronta e os convidados irão prová-la.
Descreva o desfecho
O apresentador agradecendo a todos pela participação e encerrando o programa com o auxilio dos mascotes.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Caravana da Cultura Afro Brasileira

Dia 02 de dezembro, apesar de muitos obstáculos encontrados no percurso, a Caravana da Cultura Afro Brasileira (clique aqui para saber mais) atingiu o seu objetivo. Todos os alunos envolvidos demonstraram interesse, compromisso, segurança e dinamismo na abordagem dos assuntos. Esse dia foi sonhado e muito planejado por nós professores: Uálison e eu (Jijoca), Cristiano, Rogério e Silveira (Aranaú), Estevão (Araraú), Henrique e Gleiciane (Cruz). Quantas reuniões, quantos "papos online" e telefonemas, para que esse projeto virasse realidade! Parabenizo o empenho e dedicação da grande idealizadora: Profª Gleiciane, menina apaixonada pela História, que está realmente fazendo a História acontecer, fomentando nos alunos o "ser histórico" que existe em cada um.

Ressalto também os coordenadores pedagógicos das escolas, em especial minha coordenadora D. Socorro Freire e o coordenador Márcio Albuquerque (da escola de Aranaú), por todo apoio e confiança depositado em nós. Também a todos os outros que de forma direta ou indireta contribuiram para que a Caravana acontecesse.

Palavras não são suficientes para descrever esse momento ímpar vivido por todos nós. Deixe que as fotos falem por si só:































sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Caravana da Cultura Afro-brasileira


O QUE É A CARAVANA DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA?

A lei 10. 639 de 2003 aponta, obrigatoriamente, a urgente necessidade de rever a forma como estamos pensando e trabalhando as relações étnicos-raciais em nossas salas de aula. Tal necessidade, já proclamada há décadas pelo movimento negro brasileiro, e sua obrigação na forma de lei tem impulsionado escolas públicas e privadas do país a repensarem o tema da diversidade cultural, destinando maiores espaços em seus currículos para a inserção de conteúdos programáticos sobre a história do povo africano e afro-brasileiro. Porém, preocupantemente, isso não significa que o principal objetivo esteja sendo eficazmente alcançado, pois as relações étnico-raciais dentro e fora das escolas continuam a se desenvolver de forma muito fragilizada. Muitas das abordagens realizadas acerca do tema são feitas de forma pouca aprofundada, simplista e folclórica. Nossa preocupação é com a forma como o estudo da História e Cultura afro-brasileiras vem sendo desenvolvido. A Caravana da Cultura afro-brasileira surge dessa preocupação e do desejo de contribuir com a promoção de uma educação menos racista e estereotipada.
O projeto foi idealizado por professores de História da rede Estadual de Ensino da 3ª CREDE. Para sua execução formou-se uma comissão constituída por professores e alunos de quatro escolas estaduais do baixo Acaraú. Essa comissão, devidamente preparada, tem a tarefa de proporcionar as quatro escolas que a originou, uma visita que possibilite aos seus alunos um momento de discussão sobre a diversidade cultural, rompendo estereótipos e contribuindo para a redução de práticas preconceituosas e racistas dentro e fora da escola.

QUAIS ESCOLAS RECEBERÃO A VISITA DA CARAVANA? QUAIS ESCOLAS RECEBERÃO A VISITA DA CARAVANA?

* Escola Profissionalizante Maria Marta Giffone (Acaraú)
* EEM São Francisco da Cruz (Cruz)
* EEM Maria Conceição de Araújo (Aranaú- Acaraú)
* EEM José Teixeira de Albuquerque ( Jijoca de Jericoacoara)

POR ONDE A CARAVANA PASSARÁ? POR ONDE A CARAVANA PASSARÁ?
Dia 02/12/2012

7h00- Encontro da comissão de Jijoca com e Comissão de Cruz em Cruz. (Destino Acaraú)
7h50- Encontro da Comissão de Jijoca e Cruz com a Comissão de Acaraú em Acaraú. (Realização da primeira visita – 2ª aula)
9h50- Encontro das comissões de Jijoca, Cruz e Acaraú em Cruz (Realização da segunda visita – 4ª aula)
Almoço em Aranaú;
13h00- Encontro das Comissões de Cruz, Jijoca e Acaraú com a Comissão de Aranaú em Aranaú. (Realização da terceira visita – 1ª aula)
15h50 – Encontro das quatro comissões em Jijoca de Jericoacoara (Realização da quarta e última visita – 4ª aula)
16h25 - Culminância com todos os alunos na Escola José Teixeira de Albuquerque: apresentação de HIP HOP.

QUAIS ASSUNTOS SERÃO ABORDADOS PELA CARAVANA? QUAIS ASSUNTOS SERÃO ABORDADOS PELA CARAVANA?

Quatro grandes temas, complexos a nosso ver, foram pensados para serem discutidos durante a visita as escolas;
* Religiosidade e Cultura (práticas religiosas e culturais: oralidade, musicalidade, simbologia, etc.)
* História do Movimento Negro (A luta histórica por liberdade e igualdade) análise de textos legais.
* O uso de informações científicas para desmistificar a ideia de superioridade racial
* A questão negra na atualidade – Revendo práticas racistas.



Descanse em paz Alan Ferreira!

Na tarde da sexta feira dia 18 de novembro, meu aluno Alan Ferreira de Araújo finalizou sua existência terrestre. Um acidente de moto foi capaz de colocar um ponto final numa vida que tinha muito ainda que ser vivida. Imprudência? Destino? Não sei... Não importa mais saber... O que fica agora são as lembranças de todos os momentos vividos, e a lição para valorizarmos cada minuto de nossa vida, como se fosse o último pois UM DIA SERÁ!!! 

Valorizar cada conversa, cada abraço, cada sorriso... Gestos simples, que na ausência da pessoa querida valem mais que todo o dinheiro do mundo. 

Tenho certeza que o Alan soube aproveitar bem sua vida, isso é nítido pelas amizades que conquistou em seus 17 anos. Faz falta nos corredores da escola, com seu jeito meio preguiçoso de andar... Mexendo com as meninas... Ouvindo sua música... Se existe outra vida, quero acreditar que você está bem melhor do que aqui.

Deixo aqui meus pêsames aos familiares e amigos.

sábado, 19 de novembro de 2011

Livro de receitas

Durante as aulas de geografia e história, trabalhamos com os alunos a variedade de comidas de cada estado brasileiro. Em grupos, eles fizeram pesquisas e construíram de forma compartilhada um livro de receitas online. Vejam como ficou!!!



Relato do Projeto

Sabores do Nosso País

Compartilho com vocês um plano de aula realizado por mim e pela professora Michele Lima, como atividade do curso Ensinando e Aprendendo com as TICs.



Atividade 3_3 – Projetos de trabalho em sala de aula
com a integração de tecnologias ao currículo

01. Identificação
Autores:
Adriana Monteiro
Michele Lima
Escola:
EEM José Teixeira de Albuquerque
Turma:
2º A-Tarde
Total de Alunos:
36
Período:
10/11 a 17/11
Carga Horária:
4 h/a
02. Definição do Título
Sabores do nosso país

03. Objetivos
  • Conhecer as comidas típicas de cada região do país;
  • Levar os alunos a compreenderem a diversidade de costumes alimentares presentes em nosso país;
  • Produzir e divulgar um livro de receitas.

04. Conhecimentos prévios dos alunos
  • Conhecimentos geográficos relacionados as regiões do Brasil;
  • Noções básicas de pesquisa na internet e uso de Google Docs.

05. Disciplinas envolvidas
História e Geografia.

06. Metodologia / Procedimentos
1ª etapa: Dividir as equipes e encaminhá-las ao laboratório de informática para pesquisar sobre comidas típicas de cada região do país;
2ª etapa: Digitação das receitas escolhidas por eles no Google Docs, onde terão que formatar o texto e ilustrá-lo (será convertido para formato PDF e feito upload no Slide Share);
3ª etapa: Expor por meio de um projetor multimídia a produção deles (livro de receita) e sortear as receitas para os grupos fazerem as comidas;
4ª etapa: Exposição das comidas feitas pelos alunos.(Feira Gastronômica)

07. Recursos a serem utilizados
Computador com internet, Thinkquest, material impresso, quadro, pincel, projetor de imagens, pendrive e câmera digital.

    08. Avaliação
Os alunos serão avaliados nos seguintes aspectos: participação, interação com o assunto, criatividade, compromisso e responsabilidade com as atividades desenvolvidas.


09. Referências Bibliográficas
www.google.com.br – busca por receitas

sábado, 12 de novembro de 2011

Expedição Geobiológica ao Mangue Seco


 

 Os alunos puderam contar com as explicações da professora Kelanne (Biologia), Jorge e Michele (Geografia). 

Nossa caminhada se iniciou na praça da comunidade e seguimos até a guarita que dá acesso ao Parque Nacional de Jericoacoara.  Subimos dunas, onde os professores de Geografia deram explicações sobre os ecossistemas presentes ali. Adentramos ao mangue propriamente dito, onde a professora de Biologia deu uma aula belíssima sobre os seres vivos encontrados por lá. Finalmente, chegamos a praia!!!. Durante todo o percurso, os alunos registraram em suas câmeras fotográficas todos os momentos, e também aprenderam muito!

"Esta atividade faz parte do Curso Ensinando e Aprendendo com as TIC's, e foi uma excelente maneira de mostrar que é possível aliar currículo e resignificação de conteúdos, tanto para os alunos, quanto para os professores." (Profª Sílvia Helena - clique aqui para conhecer seu blog.

Vejam algumas fotos: