quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Atividade 3.1: Diretrizes da Escola frente ao uso das mídias sociais (versão 1)

Escola: EEM José Teixeira de Albuquerque
Cursistas: Adriana Rodrigues Monteiro / José Émerson Brandão Vasconcelos

1.    Contextualização do uso de Mídias Sociais na Escola
A inserção e expansão do uso dos recursos tecnológicos vem sendo uma realidade cada vez mais presente na educação escolar. Nosso cotidiano está a cada dia mais marcado pelas novas tecnologias e os professores devem estar atentos a essas mudanças. É imprescindível para o educador do século XXI estar situado nessa dinâmica, onde as coisas formam e se transformam frente a nossos olhos. Faz-se necessário uma mudança de postura, um aprender a reaprender, haja vista que coisas utilizadas hoje podem não ser válidas amanhã. Surge assim um grande desafio para os educadores: Como desenvolver uma performance que acompanhe todas essas transformações?
Cada vez mais cedo os alunos vem utilizando as mídias sociais em seu cotidiano, não apenas por entretenimento, mas pela facilidade na interação com amigos e pessoas com interesses em comum. Como disse João Mattar, mestre em Tecnologia da Educação, em uma entrevista ao Portal da Educação do Instituto Ayrton Senna: “Há vários motivos para a utilização das redes sociais em educação. Em primeiro lugar, elas são o habitat dos nossos alunos - eles já estão lá.” Os educadores devem se apropriar  desse espaço e utilizá-lo como ferramenta pedagógica. O tempo que os alunos passam acessando essas mídias pode e deve ser otimizado no compartilhamento de temas que ajudem os mesmos a desenvolverem o senso crítico, debater em grupos, se informarem dos conteúdos e assuntos abordados em sala.
Um recurso muito interessante a ser utilizado é o Docs. Por ele pode ser feito textos colaborativos, planilhas, formulários e diversos outros recursos.
Não há dúvidas quanto ao envolvimento dos alunos com todas essas ferramentas online, entretanto, devemos estar preparados para lidar com situações positivas e negativas, e é isso que propõe essas diretrizes.

2.    Justificativa para o uso das Mídias Sociais na Escola
As redes sociais estão dando voz para o povo, formando novas forças de informação, de organização e estão revolucionando a maneira como se relacionar na sociedade hoje em dia.
A sociedade está vivenciando uma nova forma de se relacionar, de trocar informações, ensinamentos e aprendizagens. A Escola precisa se aliar rapidamente a essa nova estrutura de organização, colocando as redes sociais a serviço da educação, dentro das salas de aulas, organizando os alunos em grupos, produzindo pesquisas, trocando informações, produzindo materiais e conteúdos.
A internet e as redes sociais são importantes veículos de comunicação e com uma grande abrangência social. Através destas mídias, pessoas das mais diferentes classes sociais, níveis intelectuais, religiões e outras diferenças sociais, têm acesso à informação, à comunicação e ao entretenimento. É sem dúvida um veículo democrático e que tem um papel de destaque na transmissão de conhecimentos.
O professor e doutorando em Informática na Educação, Cláudio de Musacchio, em uma entrevista concedida para o Portal EAD Brasil, ao falar sobre como o Facebook poderá auxiliar os professores e alunos para essa aprendizagem significativa, afirma que: “O Facebook já era para estar dentro do programa educacional das escolas, seu ambiente é ótimo para interações, colaborações, trabalhos em grupo, vida em grupo. Os alunos são gregários, dependem uns dos outros para formarem opinião”.
As redes sociais podem e devem ser utilizadas para beneficiar o intercâmbio entre escola e a comunidade, repassar avisos e informações, integrar o relacionamento entre professores e alunos, divulgar os eventos e as reuniões a serem desenvolvidas na escola, além de potencializar e mediar o processo de aprendizagem dos alunos.



3.    Diretrizes
Devemos ter muitos cuidados ao fazer uso das redes sociais. É preciso estabelecer regras, orientar, acompanhar e fazer com que as regras sejam respeitadas. As verdadeiras intenções de se utilizar as redes sociais como aliadas da aprendizagem precisam estar claras para os alunos, professores e também para os pais.
Para isso se faz necessário que sejam utilizados os recursos da internet, disponíveis na escola, para que todos possam ter acesso, iniciando um processo amplo de inclusão digital.

4.    Considerações Finais
É inquestionável a importância da tecnologia da informação no nosso cotidiano escolar. As mídias sociais chegaram para ficar e atraem milhões de usuários em todo o mundo.
No tocante as mídias sociais, a participação do professor, definindo as atividades que serão realizadas, publicando conteúdos e acompanhando o grupo criado é decisiva para promover a colaboração e o compartilhamento de conhecimento.
Destaca-se que a necessidade de acompanhamento das novas ferramentas ofertadas pelas mídias sociais deve fazer parte do Projeto Político Pedagógico da escola, bem como da Grade Curricular.



5.    Referências Bibliográficas
Mattar, João. Facebook em educação. Disponível em: http://joaomattar.com/blog/2012/01/17/facebook-em-educacao/. Acesso em: 11/12/2013

______. O uso das redes sociais na educação. Disponível em: http://www.educacaoetecnologia.org.br/?p=5487. Acesso em: 11/12/2013

Musacchio, Cláudio de. Redes Sociais - Uma nova Educação é possível? Disponível em:

Pais, Luiz Carlos. Educação escolar e as tecnologias da informática.  1 ed., 2 reimpr. - Belo Horizonte:  Autêntica, 2008

Pechi, Daniele. Como usar as redes sociais a favor da aprendizagem? Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/redes-sociais-ajudam-interacao-professores-alunos-645267.shtml Acesso em: 11/12/2013.

Silva, Mozart Linhares da. Novas tecnologias - educação e sociedade na era da informação/ organizado por Mozart Linhares da Silva. - 1 reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.


Sancho, Juana María. TECNOLOGIAS para transformar a EDUCAÇÃO. Porto Alegre: Artmed, 2006.

MITOLOGIA GREGA

HISTÓRIA DO MINOTAURO! Teseu é um dos principais heróis da mitologia grega. Segundo a lenda, Teseu matou o mostro Minotauro, criatura m...